23 de janeiro de 2019

5 Motivos para não comprar Software Pirata

Garanta a segurança do seu negócio

1- Pirataria é Crime

De acordo com a legislação vigente, toda empresa deve utilizar apenas programas e produtos originais em sua estrutura. O uso de software pirata, portanto, fará com que o seu negócio esteja contra a lei. Você sabia que a lei brasileira também prevê penalidades para o uso de aplicativos que não são originais? A Lei 9.609 e 9.610/1998 prevê a pena de prisão de até quatro anos ou multa de 20 vezes o valor do que deveria ter sido pago. É uma representação fiel de que “o barato sai caro”.

2- Vulnerabilidade

Ao pesquisar por um software pirata na internet o usuário acaba navegando por sites maliciosos e que poderão contaminar o computador com vírus ou malwares. Ao baixar uma versão de um software pirata o mesmo pode trazer dentro dele um cavalo de tróia, ou seja, ao instalar o software também será instalado no computador um programa escondido que roubará dados e senhas que serão enviados pela internet para um hacker que poderá por sua vez fazer um mal proveito dessas informações, causando diversos danos, inclusive a transferência de dinheiro da conta bancária do usuário.

3- Falta de Garantia

Não há garantias para um software pirata. O usuário pode fazer uma compra hoje, o software pode funcionar por um mês e depois simplesmente travar. Ele também pode não funcionar corretamente como deveria gerando transtornos e até prejuízos para o negócio. Para piratear um software geralmente um hacker altera o programa o que certamente irá afetar seu funcionamento.

4- Falta de Suporte Técnico

O usuário ao adquirir um software pirata, ainda que tenha um apoio do vendedor criminoso no momento da compra, raramente poderá contar com esse suporte em um seguinte momento. Isso porque quem pratica a venda de software fica continuamente mudando de nome, e-mail, site, enfim, todos os seus dados de contato. Isso porque se trata de um criminoso e como tal estará fazendo de tudo para se manter escondido e continuar a fazer outras vítimas.

5- Um grande mal para toda a sociedade

Quem compra software pirata geralmente só está pensando no preço que está pagando e não para onde esse dinheiro está indo. O criminoso que faz venda de software não tem uma empresa formal, não paga impostos, não contrata funcionários e em muitos casos esse dinheiro acaba indo para o tráfico de drogas e armas. O destino do dinheiro lucro da pirataria na maioria das vezes impacta diretamente no aumento da criminalidade. É um dinheiro sujo que só contribui de forma ruim para toda a sociedade.