18 de fevereiro de 2019

Falso-positivo: o que fazer quando o antivírus peca por excesso?

Quando se fala em dicas para manter o computador longe de pragas virtuais, a primeira recomendação é instalar um bom antivírus e mantê-lo sempre atualizado. Esse é praticamente o primeiro mandamento da navegação segura. E com razão, já que um banco de dados completo impede que ameaças atinjam seu sistema.

Porém, por mais benéfica que a proteção seja, nem sempre é completamente confiável. Em alguns casos, o antivírus detecta elementos inofensivos do próprio computador e classifica-os como nocivos e apaga ou os coloca em quarentena. Dependendo do arquivo, a ajuda pode virar dor de cabeça.

O que é um falso-positivo?

Casos assim são chamados de falsos-positivos. Como o próprio nome sugere, eles são arquivos comuns que caem no pente-fino do antivírus, como se fossem alguma praga escondida em seu computador, apesar não oferecerem perigo algum.

Windows_protegeu_computador

O que fazer?
Basta clicar em “Mais informações” e Executar assim mesmo, irá começar a instalar o sistema Datacaixa.

Executar-assim-mesmo